segunda-feira, 1 de maio de 2017

A colher que desaparece!

O ponto de fusão é a temperatura à qual uma substância passa do estado sólido para o estado líquido.

O Gálio é um metal que tem um ponto de fusão de 28,76º C. Na forma metálica é utilizado para a produção de espelhos, ligas metálicas de baixos pontos de fusão e termómetros.

Vídeo Manual do Mundo.

sábado, 1 de abril de 2017

Nuvem numa garrafa (Experiência)


A pressão e a temperatura nos gases varia diretamente, isto é, se a pressão aumenta a temperatura também aumenta.
Vídeo Manual do Mundo.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Reação de oxidação-redução com um machado!!!


Uma pequena brincadeira que explica uma reação de oxidação-reduçâo utilizando um machado e uma solução de sulfato de cobre (II).

Uma reação redox (ou reação de oxidação-redução) é um tipo de reação química que envolve a transferência de eletrões entre duas espécies químicas. Na oxidação há perda de eletrões e na redução há ganho de eletrões.

Vídeo Manual do Mundo.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Como se faz o vidro?


Vídeo Manual do Mundo que explica o processo de fazer o vidro.

domingo, 1 de janeiro de 2017

Como saber se uma pilha é nova ou velha?

O vídeo explica de uma maneira simples saber se uma pilha é nova ou velha, bem como o seu funcionamento e interior.
Vídeo Manual do Mundo.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Grafeno

"O grafeno é uma das formas cristalinas do carbono, assim como o diamante, o grafite, os nanotubos de carbono e fulerenos. O grafeno de alta qualidade é muito forte, leve, quase transparente, um excelente condutor de calor e eletricidade. É o material mais forte já demonstrado, consistindo em uma folha plana de átomos de carbono densamente compactados em uma grade de duas dimensões."
in Wikipédia

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Como fazer fogo colorido


“As cores do fogo de artifício são obtidas essencialmente por um processo chamado “luminescência”:
O calor libertado na explosão é absorvido pelos átomos dos metais presentes na composição da “estrela”. Ao absorver energia, os átomos dos metais ficam com os seus eletrões, digamos, “desarrumados”, fora das suas posições próprias!
Quando voltam a arrumar os seus eletrões nas posições mais estáveis, os átomos libertam a energia em excesso, mas agora sob a forma de radiação visível, ou seja, luz colorida.
A cor da luz emitida varia consoante o metal utilizado: O vermelho é normalmente obtido com sais de estrôncio ou de lítio; O cor de laranja é característico de sais de cálcio, como o cloreto de cálcio; O amarelo resulta dos sais de sódio, sendo vulgarmente utilizado o cloreto de sódio (o sal das cozinhas); Já o verde é obtido com cloreto de bário, enquanto o azul está associado ao cloreto de cobre.”

In “A Química das Coisas - A Química do Fogo de Artifício”